soluções para call center

Com o aumento no número soluções disponíveis no mercado, recursos e diferentes planos é comum encontrar gerentes de call centers confusos na hora de escolher a solução ideal para sua empresa.

Muitos preferem manter a solução instalada para minimizar riscos e evitar possíveis dores de cabeça. O grande problema deste posicionamento é que a empresa acaba ficando para trás e não consegue evoluir em termos de tecnologia e experiência do cliente para atingir os melhores resultados.

Como esse é um desafio frequente em muitas empresas, fizemos um passo a passo com dicas para lhe ajudar a escolher a solução ideal de acordo com suas necessidades.

1. Avalie a solução atual

Antes de começar a procurar soluções disponíveis no mercado é preciso saber o que você possui nesse momento.

Avalie se o seu sistema dá conta das necessidades do seu negócio, o impacto que ele tem na visão dos clientes, as complicações que ele apresenta e os pontos que ele deixa a desejar na aspecto de desafios futuros.

Considere também as seguintes perguntas:

  • O sistema é flexível para lhe ajudar a resolver as diferentes demandas do dia-a-dia?
  • Os agentes conseguem acessar informações precisas e em tempo real sobre o cliente?
  • A solução é confiável em relação a informação e dados?
  • Os agentes estão bem equipados para fazer um bom trabalho?
  • Sua equipe de gestão tem todas as ferramentas necessárias para administrar os recursos?
  • Quais funcionalidades vocês gostaria de ter em seu sistema – com base na sua experiência em outras centrais?
  • A solução atual suporte outros canais de relacionamento além do telefone? Estes canais são integrados?
  • Quão preparada está a solução atual para os canais digitais?

Depois de uma boa análise do cenário atual, você terá um caminho certo para procurar.

2. Identifique seus objetivos

Agora é hora de identificar seus objetivos para migrar para uma nova solução de sistema de call center. Para isso, é preciso responder as seguintes perguntas:

  • O que eu espero ganhar com uma nova solução?

Veja abaixo algumas das necessidades mais comuns no mercado:

– Uma visão mais holística dos cliente e fácil acesso ao histórico de interações dele com a central de atendimento
– Ter uma melhor organização da equipe
– Automatizar tarefas, visando um atendimento mais eficiente ao cliente e reduzindo custos da operação
– Aumentar o nível de satisfação dos clientes
– Integração da solução com sistemas de CRM, helpdesk, e-commerce, chat etc
– Aumentar o índice de cross e up selling na base de clientes

Essas informações ajudam a identificar melhor seus objetivos e metas para adotar uma nova solução de call center.

3. Considere as expectativas e necessidade de outras áreas interessadas

Antes de uma aquisição, é preciso pensar nas pessoas que usarão o software e considerar as perspectivas dos principais interessados na seleção da nova solução.

Para conseguir isso de maneira eficiente, identifique pessoas e departamentos que usarão o software de call center com frequência (como os agentes do call center, gerentes, equipe técnica e representantes de televendas) e pergunte a opinião deles sobre a solução atual e o que eles gostariam de ter na nova solução.

A opinião dessas pessoas é bastante importante, já que serão interface com o software em uma base frequente.

4. Faça uma lista das suas necessidades de negócios

  • Sua operação é ativa, receptiva ou mista? Você tem previsão de mudanças nisso?
  • Sua operação sobre com variações frequentes de escalabilidade?
  • Qual a expetativa de crescimento da sua central para os próximos 6 meses? E daqui 1, 2 anos?
  • Qual o nível de serviço que deve ser oferecido para o seu cliente?
  • A empresa tem planos de abrir outros sites da operação ou terceirizar parte dos serviços?
  • Em quanto tempo você precisa do nosso sistema em funcionamento?
  • Quais os canais de comunicação sua empresa oferece para os clientes hoje? Atendimento via e-mail, chat, SMS, Whatsapp, redes sociais estão nos planos de curto ou médio prazo?
  • Quais são os principais KPIs da sua operação? Você precisa dessas informações em tempo real, informações históricas ou ambas?
  • Segurança da informação é uma preocupação?

Essas perguntas fornecem algumas dicas sobre o nível de detalhe que você deve ir para dentro e para amplitude de temas a considerar quando se toma um inventário de suas necessidades de negócios.

5. Necessidades do cliente

Após identificar as necessidades internas da equipe e do negócio é hora de alinhar estes pontos com as necessidades/desejos dos clientes e potenciais compradoras da empresa. Pense especialmente em quais recursos podem ser importantes para aumentar o nível de satisfação do atendimento.

Para alcançar este objetivo com sucesso, desenvolva uma persona para o cliente (veja neste link um guia para criar a persona para o seu negócio), e em seguida, liste as características necessárias para aumentar o nível de satisfação dos clientes com o serviço prestado pela equipe.

Algumas informações para lhe ajudar a definir o perfil do cliente: idade, sexo, localização geográfica, nível educacional, áreas de atuação, quais os seus valores, prioridades e metas.

6. Qual o nível de suporte você precisa

Cada negócio tem a sua particularidade quando se trata do nível de suporte técnico que eles terão que implementar e manter sua solução de software de call center.

Considere as seguintes questões para definir o  nível de apoio de cada equipe:

  • Você tem uma equipe de técnica dentro da empresa?
  • Sua empresa possui engenheiros de rede, de software e equipe de suporte técnico que podem lidar com vários aspectos da implementação e manutenção de sua solução de software de call center?
  • Será que eles são capazes de implantar e manter a solução, sem ou com o mínimo de ajuda do fornecedor da solução?
  • Essas equipes estão disponíveis para atendimento durante todo o horário de funcionamento do call center para solucionar problemas com o SLA que o seu negócio precisa?

7. Defina seu orçamento

O custo sempre tem um grande impacto na hora de escolher uma solução. Por isso, é importante saber até quanto você pode pagar por ela. Para chegar a uma resposta, considere os seguintes custos:

  • Implementação: equipe de implementação envolvida – interna e do fornecedor, licenças, infraestrutura, configuração do sistema, migração de dados etc.
  • Manutenção: servidores, armazenamento de dados e backup, sistemas operacionais, atualizações de software, consultores, etc.

A soma dos valores de cada item, definirá o valor que você deve considerar na solução.

8. Selecione a melhor opção

Com todas as definições e informações levantadas, inicie o processo de compra. Isso pode variar de empresa para empresa, RFPs, contato direto com fornecedores, etc.

O processo de compra tem particularidades importantes como conhecer a solução com demonstrações, conhecer casos de sucesso, avaliação da estrutura do fornecedor. Para lhe auxiliar neste processo, preparamos este post.

Seguindo esse passo-a-passo, acreditamos que você poderá fazer uma escolha bastante assertiva e que poderá lhe ajudar a alcançar seus objetivos e metas.

Gostou do conteúdo ou tem alguma sugestão? Deixe sua opinião nos comentários e acompanhe o blog DDS com temas específicos do mercado.

Nota: Este post foi inicialmente publicado em 18 de março de 2015. Foi atualizado e reeditado em 18 de abril de 2019.

(Visited 1.939 times, 2 visits today)